Os promotores da Iniciativa Liberal garantem que não. Os politólogos questionados pelo Jornal Económico divergem nas suas análises: para António Costa Pinto há liberais no PSD e no CDS-PP, enquanto André Freire aponta para o PS como “o mais próximo” do liberalismo.

Vem aí um novo partido político que se define como “liberal”. Objetivos prioritários: disseminar valores liberais na sociedade portuguesa e disputar as eleições europeias e legislativas de 2019. Os promotores da iniciativa consideram que nenhum dos atuais partidos portugueses é verdadeiramente liberal e pretendem ocupar esse espaço político (ler entrevista nas páginas seguintes). O Jornal Económico questionou dois politólogos sobre estas asserções e registou perspetivas dissonantes.

Mais notícias

Iniciativa Liberal

taptap lang





Faz parte de um projeto que reforça os valores liberais essenciais para o progresso de Portugal


Pin It on Pinterest