Com 3 dias de atraso, a Infraestruturas de Portugal cedeu à lei e devolveu o cartaz que tinha sido ilegalmente retirado. O assunto será clarificado em tribunal. Obrigado a todos pelo apoio.

Todos aqueles que doaram para a compra de um novo cartaz para o mesmo local poderão, se assim o desejarem, entrar em contacto para a devolução do seu donativo.