O partido Iniciativa Liberal diz não à Directiva dos copyrights e apela aos atuais eurodeputados portugueses que votem contra a proposta que estará amanhã em votação.

Catarina Maia, candidata ao Parlamento Europeu pela Iniciativa Liberal:

“Caso esta proposta de directiva seja aprovada, os seus efeitos nefastos serão sentidos durante muitos anos. Uma lei de direitos de autor obsoleta será prejudicial para os Europeus, a quem serão negados conteúdos disponíveis no resto do mundo. A economia europeia está também em jogo, se quisermos acompanhar a vanguarda da inovação na área digital. Caso a actual proposta seja aprovada, levaremos anos a dar novos passos no sentido da modernização da legislação dos direitos de autor.”

#JuntosSomosAlternativa
#PortugalMaisLiberal