Todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei
(Constituição da República Portuguesa, artigo 13).

Um país, dois sistemas. Mais uma linha nesta tabela.

Apesar dos inúmeros problemas conhecidos de funcionamento em vários serviços do Estado, o governo decidiu empobrecer ainda mais o serviço público atribuindo folga aos seus funcionários no primeiro dia de escola dos filhos.

Numa altura em q a vida de tantos portugueses é prejudicada com atrasos nos serviços do Estado, empobrecer o serviço público por motivos eleitoralistas é um profundo desrespeito por quem trabalha para sustentar esse Estado e espera a mínima qualidade na prestação desses serviços.

O partido Iniciativa Liberal rejeita todos os benefícios atribuídos à Função Pública por motivos eleitoralistas que a economia não esteja em condições de atribuir ao resto dos trabalhadores do país.

Como a história recente nos ensinou, funcionários públicos e privados acabarão por pagar todas estas medidas eleitoralistas se este estilo de governação continuar.

E tu? Vais votar em quem sacrifica ainda mais a qualidade do serviço público a troco de alguns votos? Vais votar em quem fica em silêncio com medo de perder votos? Ou vais votar em quem se indigna com esta injustiça e empobrecimento do serviço público por motivos eleitorais?